Biblioteca Online  ›  Notícias  ›  Visualizar

Instituições de Ensino Superior têm até 30 de junho para validarem dados usados no cálculo de indica Notícias – 22/06/2017

Os insumos usados para cálculo e divulgação do Conceito Enade e do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) foram disponibilizados nesta terça-feira, 21, no sistema e-MEC. Os dados são restritos às Instituições de Ensino Superior (IES) que têm até 30 de junho para se manifestarem, via sistema, e validarem as informações. Os dados serão utilizados para o cálculo dos Indicadores de Qualidade do Ensino Superior. O objetivo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é permitir que as IES confiram as informações, se manifestando, caso necessário, antes do cálculo e da divulgação dos resultados. O mérito das manifestações são analisados, posteriormente, pelos gestores de cada base de dados utilizada.

O processo de manifestação é dividido em duas fases. Na primeira, que termina dia 30, as IES devem verificar as informações referentes a estudantes concluintes inscritos e participantes do Enade 2016; desempenho médio obtido por estudantes concluintes no Enade 2016 nas questões de Formação Geral e nas questões do Componente Específico da prova; e estudantes concluintes participantes do Enade 2016 com nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) considerada no cálculo do IDD. Os procedimentos estão descritos na Portaria nº 550/2017 publicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no Diário Oficial da União (DOU).

Para se manifestar os Procuradores Institucionais (PI) devem acessar o sistema e-MEC, fazer login e, na aba Instituição, clicar em “Manifestação sobre os Insumos para o Cálculo de Indicadores”. Neste endereço será possível encontrar, também, a portaria que estabelece os procedimentos de divulgação dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior, além das notas técnicas de cálculo do Conceito Enade e do IDD, e um tutorial de uso do sistema de manifestações. A divulgação do IDD e do Conceito Enade de 2016 está prevista para agosto, em conjunto com o Boletim de Desempenho Individual no Enade e os relatórios síntese de área.

Segunda fase – Em setembro, será aberta a segunda fase de manifestação, exclusiva para os insumos usados no cálculo do Conceito Preliminar de Curso (CPC) e Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), por curso de graduação e por IES. Os insumos serão provenientes do Questionário do Estudante do Enade 2016, do Censo da Educação Superior de 2016 e das avaliações dos programas de pós-graduação stricto sensu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Novamente as IES terão um prazo de dez dias para se manifestar no sistema e-MEC. A divulgação do resultado final do CPC e IGC 2016 está prevista para novembro.

Indicadores de Qualidade – Os Indicadores de Qualidade da Educação Superior – Conceito Enade, IDD, CPC, IGC - são calculados de forma interdependente e têm como base informações provenientes do Enade, do Enem, do Censo da Educação Superior e da Capes. Em 2016, serão calculados os indicadores para áreas que tiveram seus concluintes avaliados em 2016: Agronomia; Biomedicina; Educação Física; Enfermagem; Farmácia; Fisioterapia; Fonoaudiologia; Medicina; Medicina Veterinária; Nutrição; Odontologia; Serviço Social; Zootecnia; Tec. em Agronegócio; Tec. em Estética e Cosmética; Tec. em Gestão Hospitalar e Tec. em Gestão Ambiental.

Clique aqui para acessar o sistema e-MEC

Copyright © 2002 - 2015 www.educationet.com.br - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS